Faltam funcionários treinados para atuar durante a pandemia, e UPA de Ourinhos demite mais de 80

Imagem: foto UPA Ourinhos com sobreposição de imagem Health Harvard

Câmara Municipal aprovou criação de CPI para investigar a demissão de funcionários e possíveis irregularidades na gestão da UPA de Ourinhos 

O portal UOL, o mais acessado do Brasil, publicou hoje reportagem sobre as dificuldades enfrentadas pelos profissionais de saúde e hospitais em todo o país. Além da falta de equipamentos, medicamentos e leitos, a dificuldade em contratar funcionários treinados é outro agravante. No limite da exaustão física e emocional, muitos profissionais adoecem ou são em número insuficiente para atender ao número de contaminados que não para de aumentar.

Reportagem do Gazeta do Povo

Enquanto isso, em Ourinhos, na situação mais grave da pandemia, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) mudou de direção e a nova gestão demitiu mais de 80 funcionários. Apesar de saberem que poderiam ser substituídos com a troca de comando, a demissão pegou muitos de surpresa e aconteceu dias antes do prazo estipulado. O INCS, Instituto Nacional de Ciências da Saúde que agora administra a UPA e o Posto de Saúde da vila São Luiz, avisou os funcionários hoje pela manhã assim que chegaram para trabalhar, que estariam dispensados. Os funcionários, exaustos pelas dificuldades do momento, sentiram-se desvalorizados e desrespeitados pela forma como foram tratados.

O fato gerou revolta entre os ourinhenses e motivou a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na sessão da Câmara de hoje, 29. Com o prefeito Lucas Pocay (PSD) com ampla maioria no Legislativo, pode-se avaliar a gravidade da questão pelo fato da CPI ter sido aprovada.

Anuncie (14)99888-6911

O documento pedindo a criação da CPI foi assinado pelos vereadores Guilherme Gonçalves (Podemos), Cícero Investigador (Republicanos), Gil Carvalho (PL), Roberta Stopa (PT) e Nilce Protetora dos Animais(PSD).

Surpresa – A assinatura de Nilce Protetora, eleita pelo PSD, partido do prefeito Pocay, surpreendeu muita gente. Quem conhece a vereadora diz que ela coloca as questões sociais e animais acima de tudo. “Com ela não tem essa de partido ou de politicagem. Se ela achar que tem algo errado pode ter certeza de que vai querer investigar até o fim. A Nilce é nova na política mas tem um senso de justiça inabalável”, disse uma amiga e eleitora da parlamentar ao Jornal Biz, por telefone, sem querer se identificar.

Jornal Biz – Portal de Conteúdo

Na composição da CPI foram sorteados a maioria de vereadores da base do prefeito Lucas Pocay: Eder Mota (MDB), Valter do Nascimento “Latinha” (PP), Luiz Bengozi “Borjão” e Alexandre Enfermeiro (PSDB), além de Cícero Investigador (Republicanos), que tem se posicionado na oposição. Como a Câmara tem fama e histórico de não investigar a fundo questões que envolvem o prefeito Lucas Pocay, vamos ver como se comportarão os vereadores num caso tão sério.

Jornal Biz – Portal de Conteúdo

O que choca as pessoas é o momento em que isso acontece, quando Ourinhos chora 154 mortos e sabe-se da dedicação e experiência dos funcionários da saúde que trabalham na chamada “linha de frente”.

Hoje pela manhã o Jornal Biz conversou com uma funcionária da UPA, que sob anonimato por medo de perseguições, relatou a tristeza dos trabalhadores demitidos: Não pensaram nem um instante na equipe que está trabalhando há um ano, exausta e se desdobrando para cuidar da população. Temo pelo que pode acontecer se a nova equipe não estiver muito bem treinada e com ritmo como a nossa”.

Jornal Biz (14)99888-6911

Enquanto os governos do Estado e Federal preconizam vantagens para a privatização dos serviços públicos, esse fato constata o perigo da diminuição dos funcionários de carreira em todas as áreas da administração pública.

Ficamos à mercê de trocas e perseguições políticas que só trazem prejuízos para a população, até no período mais difícil da nossa história.

AÇÃO E REAÇÃO – Após a criação da CPI, o prefeito Lucas Pocay foi às redes sociais se vitimizando e acusando um vereador de “interesses pessoais”. O vereador Guilherme Gonçalves respondeu de bate-pronto: “Tem prefeito que fica com indireta em redes sociais, contra vereador que tá fiscalizando, pq você não desbloqueia as mais de duas mil pessoas bloqueadas na sua página, pra escutar umas verdades da população. Fez certo é elogio, fez errado é crítica, não tenho “rabo preso” com ninguém”.

  • Para registro: o Jornal Biz é um dos milhares de perfis bloqueados pelo prefeito Pocay no Facebook.

CONTINUE BEM INFORMADO! Envie a mensagem “Quero notícias do Jornal Biz + seu nome” do seu WhatsApp para (14)99888-6911 e receba em primeira mão as notícias de Ourinhos e região.

CURTA O JORNAL BIZ NO FACEBOOK
Instagram @JornalBiz
Twitter @jornal_biz