Enquete Biz apura: 87% dos ourinhenses não querem a privatização da SAE

Curta o JornalBiz no Facebook Instagram Twitter YouTube



por Bernardo Fellipe Seixas | Jornal Biz

Em municípios onde esse setor foi privatizado, a tarifa fica mais cara e o serviço piora

O povo ourinhense não quer a privatização da Superintendência de Água e Esgoto – SAE – esta é a resposta à pergunta sobre o assunto, que consta da enquete realizada pelo Jornal Biz, que ficou disponível para votação entre os dias 10 e 21 deste mês. Cerca de 87% dos ourinhenses entrevistados não querem a concessão (445 votos), e apenas 13% (68 votos) optaram pela privatização da Autarquia.

Ignorando a vontade popular, o prefeito Lucas Pocay (PSD) e a Câmara Municipal resolveram pelo contrário, em dezembro do ano passado, quando a maioria adesista dos vereadores aprovou o projeto enviado pelo Executivo.  Um movimento popular coletou assinaturas em diversos pontos da cidade, de pessoas contrárias ao projeto de privatização, com vistas à realização de um plebiscito. O documento com 5 mil assinaturas, do grupo “Povo em Defesa da SAE”, foi protocolado na Câmara, mas está engavetado.

JornalBiz.com

Pelo visto a venda da SAE é um sonho antigo da família Alves da Silva. Quando prefeito, na década de 1990, o ex-prefeito Claury, pai de Lucas Pocay, chegou a entregar a coleta de lixo, que era feita por funcionários da Prefeitura, para a empresa Vega Sopave. Com o fracasso da iniciativa e o serviço de coleta em colapso, a função foi transferida da Prefeitura para a SAE.

Lucas Pocay repete iniciativa de Claury sobre concessão de serviços da SAE| Imagem: Reprodução Facebook

O que se sabe de experiências de cidades onde o setor de água e esgoto foi privatizado é que as tarifas ficam mais caras e o serviço não é de qualidade. Como a SAE é reconhecidamente uma empresa que dá lucros, é difícil explicar o motivo que levou o prefeito Pocay a tomar essa decisão. Outras iniciativas mal explicadas são os recentes investimentos financeiros feitos na Autarquia. Se vai privatizar, qual o motivo para se investir dinheiro público aumentando sua estrutura?

Colabore com o Jornal Biz

O abaixo assinado que foi protocolado na Câmara pede a realização de um plebiscito, ou seja, o Legislativo ourinhense poderá criar mecanismos para comprovar através de pergunta se os ourinhenses querem ou não a privatização da SAE. A enquete realizada pelo Biz não é uma pesquisa, mas serve como termômetro. Colocar em votação na Câmara se o plebiscito deve ou não ser realizado é função do presidente, Santiago de Lucas Ângelo (União Brasil). Como recentemente ele parece ter rompido com a base governista, quem sabe isso possa acontecer logo.

Anuncie no Biz (14)99888-6911
  • Clique aqui para acessar a página de votação das Enquetes Biz 2022 Ourinhos.

ESTEJA SEMPRE BEM INFORMADO! Envie uma mensagem do seu WhatsApp para (14)99888-6911, com nome+bairro+cidade e receba em primeira mão as notícias de Ourinhos e região.