Ela já foi a praça mais bonita da cidade, e hoje é só abandono

Curta o JornalBiz no Facebook  Instagram  Twitter

por Bernardo Fellipe Seixas

A praça do Ourinhense não foi reconstruída desde a tempestade de 2014, que destruiu grande parte do piso; do antigo coreto resta muito pouco

Os sinais da destruição causada pela tempestade que assolou a cidade em setembro de 2014 continuam intactos, após quase sete anos. A Praça Hermenegildo Zanotto, mais conhecida como praça do Ourinhense, já foi a mais bonita da cidade. Sua construção, na administração Aldo Matachana Thomé, na década de 70, respeitou os diferentes planos do terreno, criando uma área verde com pontos mais altos e outros mais baixos, fugindo do piso plano comumente usado nas  praças.

Além disso, ali havia um belo coreto enfeitado com laterais e corrimão de ferro trabalhado e forro de madeira. Era tão bonita e bem cuidada que durante anos serviu de cenário para fotos de noivos, que posavam na escada do coreto, emoldurado por flores azuis.

Praça do Ourinhense, final da década de 1970 | Arquivo Z – JornalBiz.com

Na infância, este jornalista brincou muito de carrinho de rolimã no local. Hoje, com o piso totalmente destruído é perigoso para uma criança até andar de bicicleta. Moradores da vila Mano também reclamam há anos da iluminação precária da praça.

Curvas em declive na praça favoreciam brincar com carrinho de rolimã, como mostra esse registro da década de 1990. | Foto: Luiz Carlos Seixas
Atualmente é impensável andar de carrinho de rolimã no local

Depois de quase cinco anos da administração Lucas Pocay (PSD), a praça continua abandonada, suja, e o coreto está quase totalmente destruído. Qual seria a explicação para esse abandono durante todos esses anos, numa cidade que se diz com “vocação turística?”

O que restou do mais bonito coreto de praças ourinhenses

A praça Mello Peixoto, no centro da cidade, também chama a atenção pelo desleixo: vive suja, sem manutenção dos canteiros e sem flores, e também está muito longe daquilo que foi um dia.

Para ter uma cidade que justifique a propaganda de “bonita” e “bem cuidada,” a Prefeitura precisa fazer sua lição de casa, cuidando da manutenção das praças.  De nada adiantam as propagandas enganosas nas redes sociais,  se uma rápida visita à praça do Ourinhense atesta que nada foi feito para restaurar o estrago feito pela chuva há sete anos, e a praça sofre sem cuidados mínimos ao longo desse tempo todo.

Forro do coreto, feito em madeira
Era um banco de praça
Esquina da praça com o Clube Atlético Ourinhense
Perigo para pedestres, intransitável para cadeirantes

CONTINUE SEMPRE BEM INFORMADO! Envie a mensagem “Quero notícias do Jornal Biz + seu nome” do seu WhatsApp para (14)99888-6911 e receba em primeira mão as notícias de Ourinhos e região.

CURTA O JORNAL BIZ NO FACEBOOK
Instagram @JornalBiz
Twitter @jornal_biz