Vereadores ignoram motivos da falta d’água e aprovam relatório da CPI da SAE

f

“Depois de 150 dias, a CPI concluiu que não teve conclusão nenhuma”, protestou o vereador Vadinho, indagando: “existe falta d’água em Ourinhos ou não?”.

A Câmara de Ourinhos aprovou na sessão de ontem, 16, o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito que foi instituída com o objetivo de apurar as causas da falta de água e outras supostas irregularidades na Superintendência de Água e Esgoto de Ourinhos (SAE).

___continua após publicidade___

Anuncie no Biz (14)99888-6911

Em mais de quatro meses, a preguiçosa CPI ouviu apenas duas pessoas, ambas funcionárias da SAE e de confiança do prefeito Lucas Pocay (PSD).

Fique bem informado com o Jornal Biz.

Os vereadores Alexandre Zoio e Cícero Investigador (PRB), Flavinho do Açougue (MDB) e Vadinho e Dr. Salim (PSDB) votaram contra o relatório.

Fique bem informado com o Jornal Biz.

Os outros nove vereadores votaram a favor do parecer, como desejava o prefeito Lucas Pocay. Os vereadores são: Abel Fiel (PTC), Anísio Felicetti (PL), Ari da Auto Escola (PSC), Cido do Sindicato (PSD), Caio Lima (PSC), Carlinhos do Sindicato (PSB), Sargento Sérgio (PRB), Raquel Spada (PTC) e Santiago Ângelo (PSC). O presidente do Legislativo, Alexandre Enfermeiro (PSD), não votou.

Durante a sessão, Vadinho se manifestou sobre a votação do parecer da CPI. “O que estão pensando as milhares de pessoas que sofrem com a falta d’água na cidade ao verem um relatório que protege o prefeito e o superintendente da SAE, e não responde nada para a população?”.

___continua após publicidade___

O Relatório Final da CPI conclui que há problemas na rede de distribuição de água na cidade, que cresceu sem o devido planejamento para esta questão, e que o sistema de captação na ETA também é insuficiente. O que a CPI não averiguou foi que providências foram tomadas pela SAE nesses quase três anos de mandato. Que existem falhas constantes no abastecimento é fácil constatar, é só abrir as torneiras e não ter água em casa. O que a população quer saber é que medidas estão sendo tomadas para que isso não aconteça, e quando será resolvido. Se não bastassem as constantes reclamações, a conta de água vem mais salgada para o contribuinte no próximo mês, com um aumento de até 9% aprovado pelo prefeito Lucas Pocay.

Além de dar uma banana para a população ao dizer que nenhuma irregularidade da Prefeitura deveria ser investigada, a Câmara “passa pano” para os erros de gestão do prefeito, que se insiste em culpar “gestões anteriores” pelos atuais problemas de Ourinhos.

QUER FICAR BEM INFORMADO? Envie a mensagem “Quero notícias do Jornal Biz + (seu nome)” do seu WhatsApp para (14)99888-6911 e receba em primeira mão as notícias de Ourinhos e região.

CURTA O JORNAL BIZ NO FACEBOOK
Instagram @JornalBiz
Twitter @jornal_biz