Presente do Dia das Crianças pode dar trabalho para os pais

0
151
Foto: lifestyle.pt

Seu filho pediu muito um celular ou tablet no Dia das Crianças e você acabou cedendo? Então agora é hora de controlar o tempo que a criança passa olhando para a telinha nos jogos eletrônicos.

Especialistas alertam que o uso excessivo de aparelhos eletrônicos traz riscos à saúde das crianças.  O isolamento social, a falta de atividade física e de contato com ambientes naturais como um quintal ou parque são alguns comportamentos que podem empobrecer a infância de crianças expostas precocemente ao uso dessas novas tecnologias.

A Academia Americana de Pediatria e a Sociedade Canadense de Pediatria concluíram que o uso excessivo pode provocar déficit de atenção, problemas na aprendizagem, distúrbios de sono, ansiedade, comportamento agressivo, vícios e outros transtornos. Se não bastasse, o excesso de luz das telas dos celulares pode causar dor de cabeça e vômito, além de irritação nos olhos.

Por essas e outras, os especialistas aconselham que crianças de 0 a 2 anos não devem ter nenhum contato com esses equipamentos. Entre os 3 e 5 anos, o uso deve restringir-se a uma hora diária. De 6 a 18 anos a restrição deveria ser de duas horas por dia.

Se a criança tem acesso à internet, a atenção deve ser redobrada. Os pais precisam checar o tempo todo o que os filhos estão acessando.

Difícil mesmo é resistir à pressão da criançada, apaixonada pelos eletrônicos…

Curta o Jornal Biz no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here