Pedrinho do Bazar e o carnaval de rua de Ourinhos

1
1122
Arquivo Z - Jornal Biz

Em 1995 Ourinhos teve um grandioso carnaval de rua, realizado pela então Diretoria de Cultura da Prefeitura. Três escolas de samba – Barra Funda, Boa Esperança e Jardim Matilde – deram um show na avenida Altino Arantes, com baterias afiadas, carros alegóricos e todas as alas obrigatórias que uma agremiação precisa apresentar. Sergio Nunes era o carnavalesco que inspirava o carnaval de rua naquela época.

Anuncie no Jornal Biz (14)3026-4666

Uma das figuras mais emblemáticas foi Pedro Abujamra, o Pedrinho do Bazar. Personagem histórico de Ourinhos, ele foi destaque em um carro da Escola de Samba Unidos da Barra Funda.  “O Pedrinho tinha uma alegria contagiante e era uma pessoa que vivia e aproveitava cada minuto do carnaval. Por causa da proximidade de seu comércio, ele tinha ligação com a escola da Barra Funda, mas era querido e aplaudido por todos”, lembra Neusa Fleury, então diretora de cultura da Prefeitura e responsável pela organização do evento.

Pedrinho é aplaudido pela multidão na Av Altino Arantes. Abaixo, à direita, sua filha Rosana Abujamra.

O “Turco maluco da Antonio Prado” era dono do “Bazar do Pedrinho”, um comércio na rua Antonio Prado e ficou conhecido nacionalmente quando apresentou um “terno de defunto”, que só tinha a parte da frente, no Programa “Cidade contra Cidade”, apresentado por Sílvio Santos. O carnaval de rua de Ourinhos acabou, Pedrinho faleceu em 2001, mas as lembranças de quem viveu aquele tempo mágico que jamais serão apagadas.

A foto é de Luiz Carlos Seixas, para o Arquivo Z do Jornal Biz.

Curta o Jornal Biz no Facebook

1 COMMENT