Pedágios da região ficarão mais caros a partir de domingo

0
994
Foto: EmSampa

Os pedágios de 19 concessionárias que administram as estradas do estado de São Paulo terão aumento de 2,85% a partir de domingo, 1º. As tarifas foram reajustadas de acordo com o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) acumulado entre junho do ano passado e maio deste ano.

___continua após publicidade___

O valor da tarifa para carro de passeio da praça de pedágio entre Ourinhos e Santa Cruz do Rio Pardo, na rodovia Orlando Quagliato, vai para R$6,60 – aumento de R$0,20. Já o pedágio de Santa Cruz do Rio Pardo na rodovia Engº. João Batista Cabral Renó vai custar R$5,40.

Segundo o Anuário CNT do Transporte, há 376 pedágios no Brasil, sendo 248 no estado de São Paulo. A proliferação de pedágios no Estado teve início em 1994, com as concessões feitas pelo então governador Mário Covas. Seus discípulos Geraldo Alckmin e José Serra, do PSDB, mantiveram a política de venda das estradas paulistas. Se em 1994, entre Ourinhos e São Paulo, havia dois pedágios, hoje são oito, com cobrança nos dois sentidos, que somados custam R$69,30. Em 1997 eram 40 praças de pedágio no estado de São Paulo, atualmente são 248.

___continua após publicidade___

Veja abaixo os novos valores dos pedágios da região a partir de 1º de julho. (Valor veículo de passeio / Comercial por eixo)

Praça de Pedágio de Palmital – R$7,80

Praça de Pedágio de Assis – R$8,10

Praça de Pedágio de Ourinhos – R$6,60

Praça de Pedágio de Santa Cruz do Rio Pardo – R$5,40

Praça de Pedágio de Piratininga – R$5,70

Praça de Pedágio de Iaras – R$8,70

CURTA O JORNAL BIZ NO FACEBOOK
Instagram @JornalBiz
Twitter @jornal_biz

Conheça a maior série jornalística do centenário de Ourinhos.