Brinquedos de parque de diversões estão “esquecidos” no centro da cidade

0
286

CPI na SAE

Os vereadores Vadinho (PSDB) e Flavinho (MDB) tentam reunir assinaturas para a criação de uma CPI para investigar possíveis irregularidades na Superintendência de Água e Esgoto (SAE). São necessárias cinco assinaturas para a criação da Comissão, mas a expectativa é de que oito vereadores apoiem a iniciativa. A primeira sessão ordinária do ano, marcada para 4 de fevereiro, promete grandes emoções.

Playground na praça I

As festas de fim de ano já se foram e os brinquedos de um parque de diversões continuam instalados na praça Mello Peixoto e em um trecho da rua Paraná. A Prefeitura não funcionou durante toda a semana entre Natal e réveillon, mantendo apenas serviços essenciais, como a coleta de lixo. Pelo jeito o dono do parque está de férias após um  “fim de ano de ouro”.

Brinquedos e barracas instalados no local impedem trânsito no início da rua Paraná e incomodam pedestres e comerciantes.

Playground na praça II

O Jornal Biz recebeu a informação de que três funcionários com cargo de confiança na Prefeitura trabalharam na operacionalização de brinquedos do parque. Um munícipe protocolou pedido de informações ao Prefeito sobre esse assunto.

Brinquedos de parque de diversões “esquecidos” há mais de 10 dias no centro da cidade.
Calçada e rampa de acesso danificados por brinquedos de parque de diversões na praça Mello Peixoto.

Playground na praça III

Os brinquedos instalados na praça dependem de muita energia elétrica para o funcionamento. Se não tinha geradores na praça, afinal, quem vai pagar a conta de luz do mini parque de diversões?

Ô loco, meu!

O imbecil que está lá – e não devia estar – pode até ser honesto, mas é um idiota que está ferrando com todo mundo”, disse o apresentador Fausto Silva em seu primeiro programa dominical, ontem. Nas redes sociais, defensores de Jair Bolsonaro criticaram Faustão por achar que o comentário foi direcionado ao presidente.

Capitão no ataque I

Em campanha para a presidência da Câmara dos Deputados feita pelo WhatsApp, Capitão Augusto (PR) argumenta que foi o primeiro deputado a declarar apoio a Bolsonaro e que “comunga da mesma ideologia e filosofia” do presidente da república. Capitão também ressalta que é Militar, de direita, e da “bancada da bala”.

___continua após publicidade___

Anuncie no Jornal Biz (14)99888-6911

Capitão no ataque II

Além de ataques a Rodrigo Maia (DEM) e outros concorrentes à presidência, a mensagem de Augusto também diz que sua eleição valeria para “evitar que pedidos de impeachment feitas (sic) no desespero pela esquerda sejam pautados”. É sério.

Sem lua-de-mel

Na região, o ano novo inicia sem lua-de-mel entre a maioria das Câmaras Municipais e o Poder Executivo. Em Chavantes e Santa Cruz do Rio Pardo, os prefeitos Burguinha (MDB) e Otacílio (PSB), respectivamente, viram seus opositores vencerem as eleições das mesas diretoras. Em Ipaussu, Vinícius Pedraci (PSD) venceu Paulinho do Raio-X (PT), candidato preferido do prefeito Serginho Guidio (PR).

Vereadores “acordam” I

Em Ourinhos, a eleição de Alexandre Enfermeiro (PSD), do mesmo partido que o prefeito Lucas Pocay, poderia sinalizar que o Executivo continuaria mandando no Legislativo. Não é isso o que os vereadores andam dizendo. Parece que o show de marionetes de Pocay na Câmara acabou.

Vereadores “acordam” II

O primeiro release distribuído pela Assessoria da Câmara neste ano tem um tom diferente dos anteriores. Além de dizer que a Prefeitura planeja a construção de novos poços mas não aponta os locais, o texto é finalizado em clima de cobrança: “O Presidente (Alexandre Enfermeiro) ressaltou que continuará cobrando informações e ações. A população não pode ficar sem água. Os últimos dias foram extremamente difíceis e continuaremos com nosso trabalho de cobrança e fiscalização”.

Na bala!

Em charge publicada em rede social no dia 2 de janeiro, o deputado federal Capitão Augusto (PR) sinaliza que vai cobrar melhores serviços e redução no valor dos pedágios administrados pela CART.

No desenho o parlamentar insinua que “matou o monstro” da Econorte/Triunfo, que administra o pedágio de Jacarezinho, que foi fechado recentemente por ordem judicial, e ameaça o “monstro da CART”, que administra os pedágios de Santa Cruz do Rio Pardo e Palmital, entre outros.

Erros e acertos

O Jornal Biz publicou no dia 4 de janeiro uma reportagem especial com um balanço da atuação de alguns setores da administração pública de Ourinhos nos dois primeiros anos de mandato. Confira abaixo.

Na metade do mandato, gestão de Lucas Pocay coleciona erros e acertos

CURTA O JORNAL BIZ NO FACEBOOK
Instagram @JornalBiz
Twitter @jornal_biz