CANETADA | Capitão Augusto está de mudança para a cidade de Bauru

0
400

CANETADA 19.11.18

Capitão de mudança I

O deputado federal Capitão Augusto (PR) está de mudança para Bauru. Reeleito com expressiva votação, o ourinhense está montando um escritório regional naquela cidade e fixando residência. O deputado pretende estreitar laços políticos com militares-políticos como Cabo Helinho, Sargento Sandro e Coronel Airton, além do prefeito Gazzetta. Capitão foi o quinto deputado federal mais votado em Bauru, com 5.591 votos.

No último dia 9 o prefeito recebeu Augusto na Prefeitura. A notícia foi publicada no site oficial do governo de Bauru.

Capitão Augusto entre o prefeito Gazzetta (esquerda) e o vice-prefeito Toninho (direita). | Foto: Prefeitura de Bauru

Capitão de mudança II

Segundo o deputado, a facilidade de transporte é o principal fator para a mudança, já que Ourinhos não possui vôos comerciais, e ele precisava sair às 4 horas da madrugada de sua casa, em Ourinhos, para chegar ao avião que decola para Brasília. Augusto informa que vai manter o escritório central e equipe em Ourinhos.

Demônios da Garoa em Ourinhos

Demônios da Garôa

O show do grupo musical paulistano reuniu grande público na noite de sábado na Praça Mello Peixoto. Recheado de grandes sucessos de Adoniran Barbosa, o repertório agradou e emocionou. O show foi um “presente” da SESCOOP/SP pelo aniversário de Ourinhos. O órgão reúne cooperativas e fomenta a formação profissional em todo o Estado de São Paulo. Em Ourinhos, a Cooperativa Camda, o Colégio Pólis, Sicred, Sicoob Credimota e Unimed integram a organização. O espetáculo também teve apoio da Prefeitura e Secretaria de Cultura.

___continua após publicidade___

Saúde pública

O Posto de Saúde da Cohab enfrenta um grave problema de infiltração desde as fortes chuvas do dia 14 de outubro. Segundo um funcionário que trabalha no local, houve danificação de telhas pela equipe que realizou a instalação de alarme e câmeras de vigilância.

Também há transtornos com calhas entupidas e até em um cano de escoamento que foi aterrado de forma errada. Os tetos de quase todas as salas estão com grandes manchas de bolor, um risco para a saúde de pessoas que, na grande maioria, estão naquele lugar em busca de tratamento médico.

___continua após publicidade___

Politicagem

A ineficiência dos serviços públicos em Ourinhos é equivalente à interferência dos vereadores nos trabalhos das secretarias municipais. Chegamos ao cúmulo de um vereador ter que apresentar Requerimento solicitando a manutenção do ar condicionado do Teatro Municipal – tudo para tentar tirar uma “casquinha” por uma simples obrigação da Prefeitura.

E o ar?

Vale lembrar que há pouco mais de um ano, em 1º de novembro, o prefeito Lucas Pocay (PSD) utilizou as redes sociais e órgãos de imprensa para divulgar que, enfim, “mais um problema que se arrastava há anos é (sic) resolvido pela gestão Lucas Pocay. Ar condicionado do Teatro Municipal é consertado”.

Captura de tela de postagem no Facebook.

Entra e sai I

O prefeito Lucas Pocay remanejou o ex-vereador Éder Mota (PSC) para a sua chefia de gabinete. Até então, Éder era o líder do governo na Câmara e mais ferrenho defensor de Pocay. Sua cadeira no legislativo será ocupada por Carlinhos da Lambo (PSC), primeiro suplente de vereador e que até então ocupava o cargo de secretário de Cultura.

Prefeito tira Éder da Câmara e coloca Carlinhos. Hamilton será secretário Adjunto de Santiago.

Entra e sai II

O ex-chefe de gabinete Hamilton Azevedo (PSB) vai para o cargo de secretário Adjunto de Governo, pasta liderada pelo ex-vereador Santiago (PTC).

Entra e sai III

A nomeação de Gustavo Tanus para a secretaria de Cultura trouxe ânimo à algumas pessoas do meio cultural ourinhense. Ele tem formação em educação, pedagogia e filosofia; perfil que destoa bastante dos outros três secretários que já assumiram a pasta na atual gestão. O novo chefe da pasta residiu em Florianópolis nos últimos 16 anos.

Dinheiro para famosos I

A notícia divulgada pelo Jornal Biz de que a Prefeitura vai gastar R$370 mil com os cachês de duas duplas sertanejas causou grande repercussão nas redes sociais. A maioria criticou a decisão do prefeito em gastar com músicos famosos e preterir os “pratas da casa“. Já no ano passado, Lucas cancelou a Cantata de Natal, evento grandioso que acontecia no Centro Cultural e era feito por quase 800 pessoas entre professores e alunos das escolas municipais de música e bailado, funcionários e voluntários.

Notícia publicada pelo Jornal Biz no último sábado. Clique para ler na íntegra.

Dinheiro para famosos II

Responsável pelo show do dia 13 de dezembro, a dupla Fernando & Sorocaba vai receber cachê de R$225 mil. Thaeme & Thiago, que farão o show do dia seguinte, vão receber R$145 mil. Em tempos de crise, o valor total de apenas dois cachês é impressionante: R$370 mil.

___continua após publicidade___

Ligue (14)99888-6911 e saiba mais

CPI da Cultura

Sargento Sérgio (PRB) pede nova dilação de prazo para conclusão dos trabalhos da Comissão que investiga denúncias de corrupção na Cooperativa Brasileira de Trabalho dos Profissionais de Artes, que prestava serviços para as escolas municipais de música e bailado.

Meu Natal de Luzes

Cícero Investigador (PRB) pede que a Prefeitura instale “iluminação de Natal nas árvores e eucaliptos” do lago da Fapi.

Eleições 2020 Sta Cruz

Em Santa Cruz do Rio Pardo, o prefeito Otacílio Parras (PSB) indica que pode apoiar seu ex-assessor, Cláudio Agenor Gimenez, para a sucessão municipal. Em entrevista à uma rádio, Otacílio declarou que Cláudio “é o melhor (dos possíveis candidatos) entre os que estão aí, o que tem mais preparo para administrar a cidade”. Cláudio Agenor foi candidato a prefeito pelo PT em 2012, mas desistiu e deu a vaga para Otacílio.

CURTA O JORNAL BIZ NO FACEBOOK
Instagram @JornalBiz
Twitter @jornal_biz