CANETADA | Juiz eleitoral manda retirar outdoor irregular de candidato

0
1064

Política, bastidores, opinião. Fique bem informado com a Canetada da semana do Jornal Biz.

CANETADA 17.9.18

CPI da Cultura

Sargento Sérgio (PRB), presidente da CPI criada para apurar denúncias de irregularidades na Cooperativa Brasileira de Trabalho dos Profissionais de Artes, pediu nova prorrogação de prazo para concluir a investigação. Na quarta-feira, 19, vereadores ourinhenses e membros da CPI estarão na Câmara Municipal de Tatuí para interrogar Vanusa Cristina Khon Buratto. Ela é esposa do ex-secretário de cultura e ex-diretor da escola municipal de música Paulo Flores.

Anuncie no Portal de Conteúdo de Ourinhos e região.

Capela

A única vereadora da Câmara Municipal não se cansa de apresentar requerimentos absurdos e inconstitucionais. O desta semana pede que a Prefeitura construa uma Capela na UPA.

Mário Ferreira é o único dos candidatos de Ourinhos que trabalha com material de campanha onde indica todos os candidatos de sua preferência.

Observação

O candidato a deputado federal Mário Ferreira (PT) é o único que utiliza material de campanha com “chapa completa”. Os santinhos de Mário indicam seus candidatos a presidente, senadores e deputado estadual. Os impressos dos outros concorrentes da cidade tem apenas seus números na “colinha”, escondendo as outras preferências.

Filho de candidato a presidente esteve em Ourinhos na sexta-feira.

Bolsonaro em Ourinhos

Um dos filhos do candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) esteve em Ourinhos na sexta-feira, 14. Ele foi acompanhado de candidatos a deputado estadual e federal e de um postulante ao Senado. Um carro de som foi colocado na Praça Mello Peixoto e um mini-comício foi realizado.

Outdoor irregular I

O prefeito de Santa Cruz do Rio Pardo, Otacílio Parras (PSB), demitiu o secretário de Assuntos Jurídicos, Renato Alvim Gonzaga de Oliveira, na tarde da última sexta-feira, 14. O motivo foi a determinação de Renato para a retirada de uma propaganda eleitoral irregular do candidato a presidente Bolsonaro instalada na quinta-feira, véspera de uma manifestação organizada por apoiadores do candidato.

___continua após publicidade___

Outdoor irregular II

A Lei Eleitoral proíbe outdoors, tanto que o juiz Pedro de Castro e Souza determinou a notificação do proprietário do terreno para que faça a retirada da placa em 48 horas. A multa varia entre R$5 mil e R$15 mil.

Multa por desrespeito à Lei Eleitoral pode ser de até R$15 mil. Outdoor foi instalado na avenida Clementino Gonçalves, em Santa Cruz do Rio Pardo.

Outdoor irregular III

O outdoor foi retirado na tarde de ontem. Renato Alvim Gonzaga de Oliveira foi penalizado com uma demissão constrangedora por fazer cumprir a Lei. Que tempos assombrosos, Brasil!

Outdoor irregular IV

Segundo o jornal DEBATE, o prefeito teria demitido o secretário por receio da atitude de Renato prejudicar a campanha de seu primo, o deputado estadual Ricardo Madalena (PR), junto aos eleitores de Bolsonaro.

#EleNão

Em todas as regiões do Brasil, mulheres se organizam para um evento contra o candidato Jair Bolsonaro no próximo dia 29. No Facebook, o grupo “Mulheres Contra Bolsonaro”, com mais de 2,2 milhões de mulheres, foi hackeado duas vezes por militantes do candidato. Em Ourinhos, movimentos como o Coletivo Geni e Xota Clã  devem participar da manifestação.

CURTA O JORNAL BIZ NO FACEBOOK
Instagram @JornalBiz
Twitter @jornal_biz

Conheça a maior série jornalística do centenário de Ourinhos.