Após 38 horas da passagem do furacão, Daiane consegue falar com familiares e amigos

0
119

O furacão Irma, que chegou a ser considerado categoria 5 (a mais alta existente) passou na madrugada de sábado para domingo pela cidade de Boca Raton, Flórida, onde mora a ourinhense Daiane Torreggiani. No sábado, 9, ela foi personagem de uma reportagem exclusiva do Jornal Biz sobre o pânico que a espera pelo furacão estava causando nos moradores da região.

Postagem de Daiane feita no Facebook por volta do meio-dia de hoje, 11/9.

O último contato de Daiane com o Jornal Biz havia sido às 21h31 de sábado. Após 38 horas de angustia e apreensão, às 11h30 de hoje, Daiane conseguiu estabelecer contato com parentes e amigos pelo WhatsApp. A informação foi passada por Adriana Torreggiani, que mora em Ourinhos e é irmã de Daiane.

 

Passagem do Irma por Miami. | Foto: Reuters

Passagem do Irma por Miami. | Foto: G1

A passagem do Irma pela Flórida deixou pelo menos três mortos e mais de cinco milhões de pessoas estão sem energia elétrica. O furacão continua avançando pelo Estado, mas agora com menos força, considerado uma tempestade tropical. À rede ABC de televisão, o governador da Flórida, Rick Scott, orientou as pessoas a permanecerem dentro de suas casas. “Fiquem em suas casas e seguros. Uma tempestade perigosa, com maré, geralmente provoca inundações em áreas secas próximas da costa”.

Curta o Jornal Biz no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here